1º Encontro do Comitê Gestor de Incentivo à Participação Feminina e Equidade de Gênero do TRE-ES

A reunião, realizada por meio de videoconferência na plataforma zoom, teve como objetivo principal promover o debate em torno da igualdade de gênero no ambiente institucional e na política em geral

TRE-ES I Encontro CGIPFEG

O Comitê Gestor de Incentivo à Participação Feminina e Equidade de Gênero do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES), que tem como coordenadora a MMª Juíza de Direito Heloísa Cariello; como subcoordenadora a MMª. Juíza Gisele de Souza Oliveira; e como componentes as servidoras Aline Cândida Mendonça, Coordenadora da Corregedoria do TRE-ES; Letícia Bertolo dos Santos Rosemberg - 03ª ZE/ Castelo; e Aigline de Menezes Paes Vervloet - 55ª ZE/ Vila Velha, realizou, no dia 27 de agosto de 2021, o evento intitulado “1º Encontro do CGIPFEG”. 

A reunião, realizada por meio de videoconferência na plataforma zoom, teve como objetivo principal promover o debate em torno da igualdade de gênero no ambiente institucional e na política em geral, tendo como público-alvo, especialmente, as servidoras e magistradas do TRE-ES. Participaram também do evento o Diretor-geral do Tribunal, Alvimar Dias Nascimento e o Secretário de Gestão de Pessoas, Adriano Moreira de Souza, além de outros convidados. 

A abertura foi realizada pela juíza Heloísa Cariello, que enfatizou a importância desse tema no cenário atual, em que a valorização da mulher ainda é um desafio tanto no âmbito das instituições, de determinadas carreiras e também na política, por isso a relevância de que a participação feminina seja incentivada por meio de ações efetivas a serem realizadas pelos Comitês criados para tal finalidade. A magistrada apresentou em slides a composição do CGIPFEG do TRE-ES, a logomarca criada especialmente para o Comitê, bem como os objetivos e propostas de atuação. 

A palestrante convidada, Polianna Pereira dos Santos, coordenadora do Projeto de Sistematização das Normas Eleitorais do TSE, Mestre em Direito Político (UFMG), Diretora Presidente da Associação Visibilidade Feminina e Membro da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político (Abradep), abordou a contextualização histórica da luta pela igualdade feminina, ressaltando a dificuldade cultural arraigada em nossa sociedade em relação à valorização da mulher nos espaços de poder. 

A juíza Gisele de Souza Oliveira, subcoordenadora do Comitê, abordou os desafios da atuação da mulher no exercício magistratura, especialmente na Justiça Eleitoral, compartilhando exemplos de dificuldades vivenciadas pela própria magistrada em sua atuação, principalmente em cidades do interior, onde as disputas políticas acirradas exigem da mulher magistrada um esforço muito maior pelo respeito à sua jurisdição.  

A magistrada apresentou também, em formato de slides, dados estatísticos relacionados à participação das servidoras no ambiente institucional do TRE-ES. Os dados demonstraram que, embora a grande maioria das servidoras tenha alta capacitação, menos da metade dos cargos de chefia são ocupados por mulheres, destacando que um dos objetivos do Comitê é modificar essa realidade. 

O evento teve duração de, aproximadamente, 1h30 e foi encerrado após os debates em torno das perguntas feitas pelos participantes.

Assista abaixo à gravação do encontro:
Link: https://tre-es-jus-br.zoom.us/rec/share/p1_MsHsJvOhyOXIY-JL43mj4MNcWnQ3-idYjcLke5FJXllbFxB9K5K0aTlCajTft.faWrFamEraKoB0Ir
Senha de acesso: Trees2@21 

Últimas notícias postadas

Recentes