Eventos de Memória

TRE-ES Cartilha Museu para igualdade

Os Tribunais Regionais Eleitorais do Ceará, Espírito Santo e Rio Grande do Norte em resposta ao convite do IBRAM para a 18ª Semana Nacional de Museus, elaboraram cartilhas para divulgar o tema "Museus para a Igualdade: diversidade e inclusão". 

Acesse a Cartilha do TRE-ES Museu para Igualdade, diversidade e inclusão ou baixe o arquivo (pdf)
- Assista ao vídeo da cartilha no canal do YouTube do TRE-ES

Desde o ano de 1977 é celebrado no dia 18 de maio o Dia Internacional de Museus. A data foi instituída segundo o ICOM (Conselho Internacional de Museus) com o objetivo de chamar atenção para a importância dos museus para o intercâmbio de culturas e valorização da história e memória.

O tema é proposto pelo ICOM e é comemorado no mundo inteiro; no Brasil ele é coordenado pelo IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus) e  está na 18ª edição. Durante uma semana vários museus apresentam trabalhos dentro da temática sugerida. Este ano o tema é Museus para a Igualdade: Diversidade e Inclusão. Veja aqui o texto de apresentação na íntegra.

A partir de um trabalho colaborativo entre o TRE/CE e TRE/RN  em evento do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), e após exposição em um encontro da Rede de Memória da Justiça Eleitoral, alguns TRE's (AM, BA, CE, ES, MG, PA, PB, PR, RN, RO, SP e TO) passaram, quando possível, a participar de forma colaborativa em eventos de Memória.

As parcerias ocorrem desde 2015. De acordo com os calendários de cada tribunal, os Centros de Memória ora em dupla, trio ou em conjunto trabalham de forma colaborativa, enriquecendo as ações desenvolvidas.

 

  Semana Nacional de Museus           Primavera de Museus         
15ª SNM 11ª PM
16ª SNM 12ª PM
17ª SNM  
18ª SNM

A Justiça Eleitoral no Brasil viveu duas fases: a primeira, de 1932 até 1937; e a segunda, a partir de 1945, quando a nova Constituição Federal restituiu o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e os Regionais como órgãos do Poder Judiciário. Essa divisão de fases é conhecida como Instalação e Reinstalação da JE, respectivamente, sendo motivo de celebração no país.

Assim, os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) decidiram relembrar esta trajetória, por meio da criação de uma ”linha do tempo” com os principais fatos ocorridos no âmbito de cada um dos sem deixar de lado os acontecimentos comuns a todos eles.

Confira aqui a publicação colaborativa entre os TREs do Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Santa Catarina!

No período 26 a 30 de novembro de 2012, foi realizada no Salão Nobre do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo a comemoração dos 80 anos da Justiça Eleitoral. Realizado pela Comissão de Preservação e Memória, o evento contou com a participação maciça dos servidores do TRE-ES, que tiveram a oportunidade de presenciar um resgate histórico das eleições no Espírito Santo, desde a instalação da Justiça Eleitoral em 1932 até os dias atuais, através da exposição de documentos, fotografias, vídeos e materiais de valor histórico, materiais estes reunidos de diversos acervos, dentre os quais destacamos: Arquivo Central do TRE-ES, Centro de Memória da Assembléia Legislativa e Arquivo Público do Espírito Santo.

Os 80 anos da Justiça Eleitoral foram muito bem comemorados no TRE-ES. Cabe agora fazer com que a memória seja melhor preservada e valorizada, não só em datas comemorativas.

Preservar a memória de uma sociedade não significa atrelá-la ao passado e impedir o seu desenvolvimento, mais sim conservar seus pilares constituintes a fim de não perder conhecimentos e identidades.

 Acesse o site comemorativo aos 80 anos da Justiça Eleitoral .